Tito Barros Leal

É Doutor em História (Especialidade de História e Cultura do Brasil) pela Universidade de Lisboa (2014); Mestre em Filosofia (Ética) pela Universidade Estadual do Ceará (2009); Especialista em Estudos Clássicos (2005), Bacharel (2003) e Licenciado (2002) em História, estes três pela Universidade Federal do Ceará.
É Professor Adjunto do Curso de História da Universidade Estadual Vale do Acaraú (Sobral-CE) onde atua como Tutor do Programa de Educação Tutorial e Coordena o Núcleo de Estudos e Documentação Histórica – NEDHIS/UVA (em ambos os casos com 1ª gestão entre 2018-2021 com recondução para o período 2021-2024).
É Líder do Grupo de Estudos em Residualidade Antigo-Medieval (GERAM/UVA) e pesquisador do Grupo de Estudos de Residualidade Literária e Cultural (GERLIC/UFC) e do Laboratório de História Antiga e Medieval (LABHAM/UFPI).
Foi Presidente da ANPUH-CE (2016-2018 e 2019-2020) e Vice-Presidente da ANPUH-CE (2018-2019) e da ANPUH-Brasil (2019-2021).
Atua principalmente nas disciplinas de História Antiga e Pesquisa em História e tem se dedicado a investigar a correlação entre História e Literatura, dividindo-se entre dois vastos campos de leitura: universo trágico grego e o romantismo brasileiro.
Da sua produção destacamos: 1) “Brevíssima apropriação d’O Jesuíta como fonte histórica e exemplo da historiografia alencariana”. In: PEREIRA, M. P. T.; LIMA F. W. R.; LEAL, Tito Barros (Orgs.).
José de Alencar in Cena – Estudos da dramaturgia alencarina. Macapá: UNIFAP, 2019, p. 223-242; 2) “A ὕϐρις do Rei Deus contra a ἀρετή dos livres homens: resíduos de Salamina na poética historiográfica esquiliana”. In: SILVEIRA, E. M. da; SOUZA, R. N. R. de; LEAL, Tito Barros (Orgs.). História e Ensino: Fontes, Métodos e Temas. Sobral: Edições UVA / Sertão Cult, 2018, p. 69-84; 3) “Iracema para além das expectativas. In: PENA, Abel Nascimento et alli. (Orgs.). Revisitar o Mito / Myths Revisited. Lisboa: HÚMUS, p. 529-598, 2015.

Obras do autor publicadas pela SertãoCult

História e ensino: fontes, métodos e temas

Cultura (dita) popular: Desafios e possibilidades para a História