Nilson Almino de Freitas

Nilson Almino de Freitas

Currículo do autor na Plataforma Lattes

Já foi Bolsista de Produtividade em Pesquisa e Estímulo a Interiorização da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico – BPI/FUNCAP. Foi membro do Comitê de Antropologia Visual da Associação Brasileira de Antropologia CAV/ABA (gestão 2017 e 2018). Graduado em Ciências Sociais (Bacharelado) pela Universidade Federal do Ceará (1994), mestrado em Sociologia pela Universidade Federal do Ceará (1999), doutorado em Sociologia pela Universidade Federal do Ceará (2005) e Pós-Doutorado em Estudos Culturais no Programa Avançado em Cultura Contemporânea da Universidade Federal do Rio de Janeiro (2011). Atualmente é professor Associado N da Universidade Estadual Vale do Acaraú, Pesquisador Associado do Pós-doutorado em Estudos Culturais do Programa Avançado em Cultura Contemporânea da UFRJ, professor do quadro permanente do Mestrado Acadêmico em Geografia e do Mestrado Profissionalizante em Rede de Ensino de Sociologia, ambos da Universidade Estadual Vale do Acaraú e tem experiência na área de Antropologia, com ênfase em Antropologia Urbana e antropologia visual. Tem experiência também com temas relacionados a Geografia Humana, especialmente com geografia não representacional. Atua principalmente nos seguintes temas: cotidiano, cidade, cultura, memória, patrimônio cultural e espaço urbano. Coordena o Laboratório das Memórias e das Práticas Cotidianas – Labome, arquivo de documentos orais e imagens da UVA, coordena o evento anual Visualidades que é uma mostra de documentários, exposições fotográficas e de artes plásticas, vinculados à pesquisa e é líder do Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Cidades da Região Norte do Estado do Ceará – GEPECCE.

Obras do autor publicadas pela SertãoCult

Trajetos e memórias: patrimônios, narrativas e visualidades na cidade de Sobral/CE