Monsenhor José Furtado Cavalcanti: sua história de vida na história da Meruoca

Organizadores:
SOARES, José Wellington Lúcio
SOARES, Francisco Edson Lúcio

ISBN: 978-85-67960-35-7 (impresso)
ISBN: 978-85-67960-36-4 (e-book/pdf)
DOI: 10.35260/67960364-2019
Ano de publicação: 2019
144 páginas

Como citar:
ABNT: SOARES, José Wellington Lúcio, SOARES, Francisco Edson Lúcio. Monsenhor José Furtado Cavalcanti: sua história de vida na história da Meruoca. Meruoca: SertãoCult, 2019. 144 p. doi: 10.35260/67960364-2019.

APA: Soares, José Wellington Lúcio, Soares, Francisco Edson Lúcio. Monsenhor José Furtado Cavalcanti: sua história de vida na história da Meruoca. Meruoca: SertãoCult, 2019. doi: 10.35260/67960364-2019.

Clique aqui para baixar o e-book

APRESENTAÇÃO

Falar sobre a história da Meruoca e não mencionar Monsenhor Furtado, ou falar sobre a trajetória deste religioso sem mencionar a Meruoca é ocultar os capítulos mais importantes de ambos. O município e Monsenhor Furtado tiveram seus caminhos entrelaçados por mais de meio século, o que tornou o protagonista deste livro mais do que um homem da Igreja, mas um homem do povo da Meruoca. E quando se fala no impacto do pároco naquela comunidade, não é apenas no alento que trouxe com suas palavras, reforçando a fé do povo local, mas na soma de todos os seus atos, que ultrapassaram as fronteiras religiosas, marcando a saúde, educação e infraestrutura até mesmo dos rincões daquela serra. Os autores trazem de forma inteligente a história da Meruoca, destacando a atuação de Monsenhor Furtado, permitindo aos leitores constatarem o motivo do nome deste personagem figurar em destaque nos monumentos e, principalmente, na memória do povo que teve sua vida influenciada por ele.

SUMÁRIO

LISTA DE FIGURAS / 7
AGRADECIMENTOS / 9
PREFÁCIO / 11
APRESENTAÇÃO / 13


1. MERUOCA: UMA VISÃO HISTÓRICO-GEOGRÁFICA / 17

1.1 Da Capela à Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição na perspectiva dos autores / 29
1.2 Breve história religiosa da Meruoca a partir da biografia de seus vigários / 36

1º – Monsenhor Diogo José Maria de Sousa Lima / 37
2º – Padre Francisco Inácio da Costa Mendes / 37
3º – Padre José Silvino Maria e Vasconcelos / 38
4º – Padre Custódio Arcanjo de Vasconcelos / 38
5º – Padre Manuel de Araújo Feitosa / 39
6º – Padre Antonio Candido de Melo / 39
7º – Padre Francisco Leopoldo Fernandes / 40
8º – Padre Fortunato Alves Linhares / 40
9º – Padre José Joaquim da Frota / 41
10º – Padre Francisco Leopoldo Fernandes / 42
11º – Padre Joaquim Severiano de Vasconcelos / 42
12º – Padre Joaquim Anselmo de Sales / 43
13º – Padre Manuel Henriques de Araújo / 44
14º – Padre Mons. José Aloísio Pinto / 44
15º – Padre Luis Valfro Franzoni / 45
16º – Padre João Teófilo Soares Leitão / 45
17º – Padre José Bezerra Coutinho / 46
18º – Padre Antonio Regino Carneiro / 46
19º – Padre José Osmar Carneiro / 47
20º – Padre Francisco Eudes Fernandes / 47
21º – Monsenhor José Furtado Cavalcanti / 47
22º – Frei Luiz Ponciano Celestino / 47
23º – Padre Manuel Rômulo Rocha / 49
24º – Padre Francisco Alves Magalhães / 49
25º – Padre Emanuel Franklin Leitão Junior / 51
26º – Padre João Paulo Aguiar Bezerra / 51
27º – Padre Fábio Soares Duarte / 52

2. A HISTÓRIA DE VIDA DE MONSENHOR JOSÉ FURTADO CAVALCANTI / 55

2.1 Vida escolar em Viçosa do Ceará / 56
2.2 A ida para o seminário / 57
2.3 Serviço militar / 58
2.4 Ordens menores e maiores / 59
2.5 Ordenação sacerdotal / 59
2.6 A chegada à Meruoca / 60
2.7 A família de José Furtado / 63
2.8 A morte de dona Maria Alves / 67
2.9 O Jeep do padre / 67
2.10 Contribuições para a educação dos meruoquenses / 68
2.11 Contribuições para a saúde dos meruoquenses / 70
2.12 Sua residência, a casa de todos / 72
2.13 Construção das torres da igreja matriz / 72
2.14 A Fazenda Gameleira / 72
2.15 Patronato Dom José, a inspiração de Monsenhor Furtado / 73
2.16 Dona Margarida, a irmã do padre José Furtado / 74
2.17 A promoção de padre para monsenhor / 77
2.18 O patrimônio da paróquia de Meruoca / 77
2.19 O primeiro centenário da paróquia de Meruoca / 78
2.20 A última década de vida / 79
2.21 Últimos dias de vida de Monsenhor Furtado / 81
2.22 Rodovia estadual CE 440 – 240 / 83
2.23 A elevação de Meruoca à categoria de Município / 84

Palestina do Norte / 90
São Francisco / 90
Santo Antônio dos Camilos / 91
Santo Antônio dos Fernandes / 91
Anil / 91
Sede / 91

2.24 Alcântaras: o outro fascínio de Monsenhor Furtado / 95
2.25 Batizados e Casamentos realizados por Monsenhor Furtado entre 1948 a 1996 / 98


3. MONSENHOR FURTADO: história em fotografias e depoimentos / 99

3.1 Trecho do diário escrito por Monsenhor Furtado no dia 24 de janeiro de 1988, época em que ele completou seus 40 anos como vigário de Meruoca / 117
3.2 Lembranças, Depoimentos e Memórias / 120
Dona Ritinha / 123
Zé Tarcísio / 124
Chico Luiz / 125
Zé Augusto / 125
Jandira Brandão / 126
Tia Lili / 128
Tio Alberto / 129
Tereza Martins / 130
João Soares /130
Zé Ferreira / 131
Fátima Custódio / 132
Edson Martins / 132
Joaquim Silva / 135
Elza Trajano / 136
Gorete Sampaio / 136
3.3 Crônica ao Padre Menino / 137

4. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS / 141