Configuração Espacial de Alagoas

Autor:
SILVA, Paulo Rogério de Freitas

ISBN: 978-65-87429-86-1 (impresso)
ISBN: 978-65-87429-85-4 (e-book/pdf)
DOI: 10.35260/87429854-2020
Ano de publicação: 2021
230 páginas

Como citar:
ABNT: SILVA, Paulo Rogério de Freitas. Configuração Espacial de Alagoas. Sobral-CE: Editora SertãoCult, 2021.

APA: Silva, P. R. F. Configuração Espacial de Alagoas. Sobral-CE: Editora SertãoCult, 2021.

Baixe aqui o seu livro gratuitamente

O livro “A configuração espacial de Alagoas” é uma contribuição à geografia alagoana. Nela, o leitor encontrará um rico levantamento dos aspectos mais relevantes para o conhecimento dos recortes regionais realizados no estado desde tempos pretéritos. Os 102 municípios ganham movimento, pois são descritos em sua gênese, dentro de uma toada que torna a leitura em um chamamento a olhar a Alagoas em sua diversidade natural, cultural, política, econômica e social interna e em suas particularidades em relação a outras unidades do território brasileiro. A escrita didática do Professor Paulo Rogério permite que a obra seja compreendida, mesmo quando lida em partes, pois acredito que muitos alagoanos de imediato se encontrarão em seus lugares. Nesse sentido, convido-os a saborear a leitura desse estado, apresentado a mim e a tantos colegas pelo amigo Paulo Rogério, de forma tão bonita e original.

VIRGÍNIA CÉLIA CAVALCANTE DE HOLANDA
Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA-CE


SUMÁRIO

Introdução / 13
Parte 1
A Organização Espacial do Estado de Alagoas / 21
Figuras exibindo as emancipações políticas municipais em Alagoas / 155
Parte 2
Os recortes espaciais do estado de Alagoas: as regiões como unidades de análise / 167

CONTEÚDO EXTRA

Figura 1: Alagoas – Brasil
Execução: o autor.
Figura 2: Alagoas no contexto da Capitania Hereditária de Pernambuco
Fontes: Andrade (1999). Cintra (2013).
Execução e adaptação: o autor.
Figura 3: Os polos de colonização ou os núcleos de fixação do povoamento e seus limites territoriais pioneiros
Fonte: Lima (1992)
Execução e adaptação: o autor.
Figura 4: Área litigiosa entre Alagoas e Pernambuco
Fonte: Lima (1965). Pereira (1995).
Execução e adaptação: o autor.
Figura 5: A complexidade genética do urbano em Alagoas nos períodos colonial, imperial e republicano
Execução: o autor.
Figura 6: Semiárido Alagoano
Fonte: SUDENE (2017).
Adaptação e execução: o autor.
Figura 7: Emancipações políticas em Alagoas nos períodos colonial, imperial e republicano (vilas, cidades e municípios)
Execução: o autor.
Figura 8: Organização Espacial do estado de Alagoas a partir dos seus municípios e cidades
Adaptação: o autor.
Figura 9: Os três pioneiros – século XVII – Porto Calvo, Alagoas, Penedo
Figura 10: Século XVIII – Atalaia – período colonial
Figura 11: Ano de 1801 – Anadia – período colonial
Figura 12: Ano de 1815 – Maceió e Porto de Pedras
Figura 13: Ano de 1799-1801 – Poxim – período colonial
Figura 14: Ano de 1860 – Coruripe – período imperial
Figura 15: Década de 1830 – período imperial
Figura 16: Década de 1850 – período imperial
Figura 17: Década de 1870 – período imperial
Figura 18: Década de 1880 – transição do período imperial para o republicano
Figura 19: Década de 1890 – período republicano
Figura 20: Década de 1900 – período republicano
Figura 21: Década de 1920 – período republicano
Figura 22: Década de 1940 – período republicano
Figura 23: Década de 1950 – período republicano
Figura 24: Década de 1960 – período republicano
Figura 25: Década de 1980 – período republicano
Figura 26: Década de 1990 – período republicano
Figura 27: Divisão Municipal do Estado de Alagoas
Fonte: Alagoas em Mapas (2012)
Execução e adaptação: o autor.
Figura 28: Zonas Fisiográficas de Alagoas – Craveiro Costa em 1931
Fonte: Costa (1931).
Execução e adaptação: o autor.
Figura 29: Zonas Fisiográficas de Alagoas em 1941
Fontes: IBGE (1942); Silva (2015).
Execução e adaptação: o autor.
Figura 30: Zonas Fisiográficas de Alagoas em 1947
Fonte: Silva (2015).
Execução e adaptação: o autor.
Figura 31: Divisão Regional de Alagoas proposta por Ivan Fernandes Lima, 1962
Fonte: Lima (1965).
Execução e adaptação: o autor.
Figura 32: Zonas Fisiográficas propostas por Ivan Fernandes Lima
Fonte: Lima (1965).
Execução e adaptação: o autor.
Figura 33: Divisão Administrativa de Alagoas, 1975
Fontes: ALAGOAS (1977); Silva (2015).
Execução e adaptação: o autor.
Figura 34: Microrregiões Homogêneas de Alagoas
Fontes: IBGE (1970).
Execução e adaptação: o autor.
Figura 35: Mesorregiões Homogêneas
Fontes: IBGE (1977); Souza (S/D).
Execução e adaptação: o autor.
Figura 36: Mesorregiões Geográficas de Alagoas
Fontes: IBGE (1990).
Execução e adaptação: o autor.
Figura 37: Microrregiões Geográficas de Alagoas
Fontes: IBGE (1990).
Execução e adaptação: o autor.
Figura 38: Semiárido Alagoano
Fontes: SUDENE (2017).
Execução e adaptação: o autor.
Figura 39: As Regiões Metropolitanas de Alagoas
Fontes: Silva (2017).
Execução e adaptação: o autor.
Figura 40: Regiões Geográficas Intermediárias de Alagoas
Fontes: IBGE (2017).
Execução e adaptação: o autor.
Figura 41: Regiões Geográficas Imediatas de Alagoas
Fontes: IBGE (2017).
Execução e adaptação: o autor.