Coleção História e Historiografia Volume 5: História, Espaços e Sensibilidades

Organizador:
Antônio Luis Macêdo e Silva Filho

ISBN: 978-65-87429-56-4 (impresso)
ISBN: 978-65-87429-57-1 (e-book/pdf)
DOI: 10.35260/87429571-2020
Ano de publicação: 2020
502 páginas

Como citar:
ABNT: SILVA FILHO, Antônio Luis Macêdo e (Org.). História, Espaços e Sensibilidades. Coleção História e Historiografia, v. 5. Sobral-CE: Editora SertãoCult, 2020.

APA: Silva Filho, A. L. M. (Org.). História, Espaços e Sensibilidades. Coleção História e Historiografia, v. 5. Sobral-CE: Editora SertãoCult, 2020.

Baixe aqui o seu livro gratuitamente

Livro com artigos apresentados no VI Seminário Internacional História e Historiografia. Os trabalhos aqui reunidos fizeram parte dos Simpósios Temáticos “História e sensibilidade: políticas, escritas e afetos”, “História, cidades e práticas no/do espaço” e “Pelo direito à cidade: viver e sentir a história e a memória dos espaços urbanos no Brasil República”. Temas e dimensões com os quais a historiografia contemporânea vem trabalhando assiduamente – as camadas de tempo, o papel da memória na construção de identidades, o espaço como expressão das relações sociais, o cotidiano e suas criações culturais não autorizadas, os efeitos de sentido produzidos pela escrita – atravessam os estudos deste livro, sugerindo que, como outras iniciativas de relevo, ele poderá vir a tornar-se um documento para futuras investigações historiográficas.


SUMÁRIO

História e sensibilidade: políticas, escritas e afetos A vida e trajetória política de Dinarte Mariz / 17
Larisse Santos Bernardo
“A intrusa de agora renega tudo – de dantes – seja corpo, alma ou cenário”: Rachel de Queiroz, tempo e memória / 31
Lia Mirelly Távora Moita
Sobral-CE, sensibilidades, sons do progresso e a cidade do barulho nas páginas do Jornal Correio da Semana (1930-1970) / 47
Francisco Dênis Melo
Contendas intelectuais e produção do saber na Amazônia paraense (1922-1933) / 61
Robson Wander Costa Lopes
Histórias de trancoso: entre memórias e imagens / 77
Emanuel da Silva Oliveira
Ana Lucia do Nascimento Oliveira

Pode a aula de História, como a arte, criar formas de vida? Reflexões sobre a experiência estética e horizontes de expectativa / 91
Rafael Monteiro de Oliveira Cintra
Solidariedade Atlântica? — o apelo aos afetos como parte de uma política diplomática voltada para a África (1961-1964) / 105
Viviane de Souza Lima
Ruídos dos Silêncios: arqueologia do narrar biográfico dos padres-historiadores sobralenses / 123
Thiago Braga Teles da Rocha

História, cidades e práticas no/do espaço

A cidade de Fortaleza em O casamento da Peraldiana por Carlos Câmara / 141
Camila Imaculada Silveira Lima
A representação jornalística da modernidade na Nova São Rafael (1980 e 1985) / 155A trajetória de Lauro Maia e o mito fundador do balanceio / 171
Maiara Brenda Rodrigues De Brito
Cidade, fotografia e amputação / 187
Daniel da Costa Gonçalves
“Os acadêmicos de Direito e o combate à lepra em Fortaleza”: diálogos com a cidade /201
Francisca Gabriela Bandeira Pinheiro
A produção dos espaços suburbanos: O bairro das Rocas na imprensa natalense (1900-1940) / 215
Giovanni Roberto Protásio Bentes Filho
Da tração animal ao sistema elétrico: os bondes na cidade / 233
José Maria Almeida Neto
As origens do urbano: da missão jesuítica da Ibiapaba a Vila Viçosa Real (1691-1759) / 249
Daniel de Sá Aguiar
“O bairro do Pari – rio e ferrovia na Urbanização de São Paulo entre fins do século XIX” /265
Diógenes Sousa
Técnica e percepção no sistema de iluminação a gás (Fortaleza, século XIX) /277
Antonio Luiz Macêdo e Silva Filho
Centro Galaico del Pará: Associativismo e imigração na cidade de Belém no início do século XX /293
Aline de Kassia Malcher Lima
Manoel Dantas e os caminhos do progresso: Natal, 1900-1913 / 305
Gabriel Barreto da Silveira Oliveira
O sexo da cidade: espaços e corpos da prostituição em Fortaleza na primeira metade do século XX / 323
José Humberto Carneiro Pinheiro Filho
A formação de uma comunidade africana no Recife oitocentista, 1830-1840 / 337
Deylla da Silva Barros

Pelo direito à cidade: viver e sentir a história e a memória dos espaços urbanos no Brasil República

“O povo reclama”: as representações da cidade de Campo Maior nas páginas do jornal A Luta (década de 1970) / 357
Antonio Jeferson de Sousa
Apoteose getulista no Piauí: homenagens ao presidente Getúlio Vargas e as formas de controle exercidas no Estado Novo / 367
José de Arimatéa Freitas Aguiar Júnior
Pedro Pio Fontineles Filho

Diocesanização dos espaços urbanos: o caso do bispado do Piauí / 383
João Vitor Araújo Sales
A participação dos piauienses no processo de construção da Cons-tituição Federal a partir da análise de cartas (1986-1987) / 399
Cibele da Silva Andrade
Claudia Cristina da Silva Fontineles
Geografias da repressão policial a religiosos na Freguesia de Sant’Anna no Rio de Janeiro / 429
Valquíria Cristina Rodrigues Velasco
“A história ao ar livre”. Monumentos estatuários e o Ensino de História em Praça Pública / 443
Liesly Oliveira Barbosa
Teresina: risonha entre dois rios que te abraçam em desenvolvimento na década de 1970 / 459
Elisnauro Araújo Barros
Cidade-Jardim em Teresina? A ousadia de empreender na capital piauiense na década de 1950 / 477
Víviam Cathaline de Sousa Ferreira
Cláudia Cristina da Silva Fontineles

Índice remissivo / 497

Confira os outros títulos da Coleção História e Historiografia